Formação Docente

pode ser BEM diferente

O GAMA é um programa de formação continuada estruturado a partir de um jogo de cartas, com discussão de situações problema e impacto de curto prazo no planejamento e na prática pedagógica.

Previous slide
Next slide

Os problemas comuns

A prática docente, por envolver as novas gerações, tem em sua raiz a necessidade de renovação. No entanto, isso algumas vezes assume o tom de “o professor está desatualizado”, “o professor precisa mudar”… E sabemos que o fardo já é pesado.

A sala de aula é transpassada por questões de diferentes naturezas. Olhar para todas elas, garantindo a execução de um currículo e atendendo a estudantes diversos é um grande desafio e um cenário que pouco convida ao “risco” da inovação.

Muitas iniciativas de formação apresentam formatos semelhantes e conteúdos que, embora sejam variados, muitas vezes se repetem e não consideram a diversidade de saberes entre as professoras e os professores participantes

Aprender sobre trabalho em grupo em estudo individual ou estudar a gamificação por meio de um livro texto são dois exemplos leves da inconsistência muitas vezes observadas. O foco no referencial teórico e a necessidade de abstração para o que “poderia ser durante a aplicação” dificulta a aprendizagem e não “cria a coragem” necessária para a aplicação.

Em cada equipe de professores há uma infinidade de experiências na formação, na sala de aula e na vida. Quando as reuniões de equipe e momentos de formação aparecem em momentos de “apagar incêndios”, pouco aproveita-se desta riqueza.

Uma formação planejada de forma “hermética” para uma escola X, dificilmente atenderá às nuances da escola Y. Considere a diversidade social e educacional do Brasil e isto se eleva demais.

Em meio às aulas, preparo e correção de avaliações, reuniões de equipe e tudo o mais que compõe o “ser docente”. Sofremos com formações que, embora possam ter ótimos conteúdos, parecem consumir um tempo que não está sobrando e que nunca voltará.

A cada semana surgem novos dispositivos, aplicativos e plataformas que de dizem a “solução” para os problemas da sala de aula. Mas qualquer suposto instrumento que queira “revolucionar” a educação precisa passar pelo docente e seu papel de mediador.

As características do GAMA

Formação continuada como ampliação de repertório e aprimoramento da prática a partir da reflexão e ação sobre a própria prática. Espaços que sejam convites à transformação e não intimações … Oportunidades e não ultimatos a aprender “na marra”

Para que discutir a própria prática não seja algo intimidador e cansativo, é preciso certo distanciamento e o olhar por novas perspectivas. Experiências lúdicas e reflexões compartilhadas permitem essas discussões de formas leves e engajadoras.

Uma constante na educação atualmente é: “Cada estudante aprende de um jeito… é importante diferenciar estratégias e personalizar os caminhos de aprendizagem”. Então… por que seria diferente na formação de professores?

Se aprendemos gamificação de forma gamificada, temos, além de conceitos e exemplos ditos, a vivência prática. Esta é a homologia de processos, que orienta todo o planejamento das atividades e conteúdos de formação da Hifa Educação.

Muitos dos problemas vividos na prática pedagógica são comuns e as soluções podem ser discutidas e compartilhadas. É importante “aprender com os próprios erros” mas se, de vez em quando, pudermos aprender com o erro dos outros, parece uma boa, não?

Formação baseada em situações problema criadas sob medida, considerando as características, limitações e potencialidades da escola/rede e abertura para o aprimoramento a partir das perspectivas de cada participante.

Estudantes se engajam mais quando há significado e perspectiva de aplicação dos conhecimentos concluídos. Esta ideia pode ser aplicada na formação docente, alinhando os momentos de aprendizagem com a reflexão e a aplicação real da prática.

A tecnologia pode servir de apoio a diversas propostas educacionais inovadoras. No entanto, a tecnologia por si só não apresenta qualquer solução se não houver uma readequação dos papeis na relação ensino-aprendizagem.

Um programa transmídia de formação docente, inicial e continuada, em Gamificação da Aprendizagem e Metodologias Ativas, com jogos, conteúdo digital, formações remotas e presenciais.

Cartas GAMA é um jogo colaborativo de 1 a 6 pessoas no qual uma situação problema (Missão) é apresentada e deve ser resolvida usando as cartas de Abordagens e Estratégias e as cartas de Recursos. As cartas de “Casos e Acasos” representam imprevistos que trazem novas surpresas para o jogo. 

Os componentes do jogo

As Cartas GAMA não terminam no papel

Todas elas contam com um código QR, que pode ser lido pela câmera de smartphones e te leva para um Menu de Aprendizagem com conteúdo de aprofundamento sobre o conteúdo da carta.

Cada Menu de Aprendizagem é uma página com detalhes sobre a abordagem, recurso ou situação em questão, além de uma curadoria de materiais para o aprofundamento e a aplicação em sua prática pedagógica.

Os menus podem ser usados durante o jogo para tirar eventuais dúvidas, além de expandir o momento da aprendizagem para após o jogo na hora do planejamento

Gerador de Planos de Aula

No App GAMA, podemos escolher as cartas escolhidas após o jogo e um esqueleto de plano de aula será criado e enviado para o email fornecido com:

  • Informações e referências
  • Listas de checagem
  • Recursos visuais e modelos
  • Referências bibliográficas

Como levar o GAMA na minha escola?

Oficina GAMA

O primeiro contato da equipe com o jogo e os conteúdos associados. Há a vivência prática de 7 das estratégias e abordagens apresentadas nas cartas, além de 7 dos recursos, como homologia de processos.

2 a 3 horas

6 a 60 pessoas
Professoras e professores que atuem a partir do Ensino Fundamental 1

  • Conhecer as Cartas GAMA, suas formas de uso e acesso aos conteúdos; 
  • Conhecer o App GAMA e seu potencial para o planejamento pedagógico; 
  • Refletir sobre o repertório atual de estratégias e recursos e identificar oportunidades de aprendizagem; 
  • Debater com colegas docentes sobre a adoção de diversas estratégias, o esforço necessário e a contrapartida na aprendizagem;

Jornada

Iniciada com a oficina, tem 30h de duração e modalidade híbrida, passando pela homologia de processos com todas as abordagens trabalhadas no jogo, possibilitando uma vivência prática e reflexiva.

30 horas (10 síncronas + 20 assíncronas)

Equipe docente e gestão escolar

  • Ampliar o repertório de práticas por meio dos Menus de Aprendizagem;
  • Vivenciar, como homologia de processos, as demais abordagens das cartas; 
  • Aplicar em um ciclo de ação-reflexão-ação uma aula utilizando os aprendizados do curso

Trilhas

Formações pontuais que, a partir da dinâmica das Cartas GAMA, aprofundam temas como Avaliação, Gamificação, Práticas Inclusivas, Tecnologia Educacional, entre outras.

Variável

Equipe docente

  • Aprofundar o desenvolvimento e a instrumentação específica sobre temas identificados durante a Jornada, a Assessoria ou sob demanda da instituição.

Assessoria

Acompanhamento de médio e longo prazo para maior customização dos processos de formação e maior integração do programa de formação às práticas pedagógicas da instituição.

Carga variável, em contratos de 6 a 24 meses.

Equipe gestora e docentes 

  • Customização da abordagem e mentorias;
  • Acompanhamento de resultados;
  • Maior proximidade no suporte;
  • Acesso às atualizações e novos jogos GAMA;

Se precisar escolher entre

  • Ter discussões relevantes sobre Educação
  • Facilitar o planejamento das aula
  • Compartilhar experiências de desafios
  • Jogar e se divertir com colegas docente

…escolha o GAMA e faça tudo isso ao mesmo tempo!

Fique por dentro de tudo o que estamos fazendo!

Pular para o conteúdo