MENU DE APRENDIZAGEM

AULA PRÁTICA

AULA PRÁTICA

por Hifa Educação

Apresentação

Seja para conduzir experimentos, produzir artefatos artísticos ou resolver problemas, o momento “mão na massa” é bastante importante como estratégia de ensino que leva os estudantes a aplicarem suas competências e conhecimentos por meio de experiências práticas. Essa abordagem tem o propósito de ir além da teoria, permitindo, aos alunos, um entendimento contextualizado dos conceitos.

O cerne da aula prática é a realização de atividades concretas que podem variar de experimentos científicos a projetos criativos, simulações, debates, estudos de caso ou até mesmo saídas de campo. Durante essas atividades, os alunos são incentivados a interagir diretamente com o material de estudo, colaborar com colegas e resolver problemas do mundo real. 

É importante notar que a realização de atividades práticas, não necessariamente caracteriza a aprendizagem ativa, principalmente se forem embasadas em seguir instruções e protocolos.

 

Um exemplo

Em uma aula sobre sustentabilidade e reciclagem, os estudantes do 4º ano participaram de um mutirão de coleta e separação na praça municipal próxima à escola. Puderam, então, aplicar na prática os novos conhecimentos sobre as categorias de lixo e suas cores, fazendo a separação nas lixeiras adequadas.

Por onde começar

  • Defina objetivos de aprendizado claros: o que você quer que os alunos aprendam ou alcancem? Esses objetivos devem guiar o design da atividade prática e garantir que ela seja relevante para o conteúdo do currículo.
  • Escolha uma atividade apropriada: a atividade deve ser adequada à faixa etária dos alunos e ao tema da aula. Pode ser uma experiência prática, uma simulação, um projeto de grupo, uma saída de campo, e muito mais.
  • Prepare os recursos necessários: certifique-se de ter todos os recursos e materiais necessários para a atividade prática. Isso pode incluir equipamentos, materiais didáticos, instruções claras e quaisquer recursos de segurança relevantes. A preparação adequada é essencial para garantir que a atividade seja realizada sem problemas.
  • Instruções e orientações: antes de iniciar a atividade, forneça instruções claras e orientações aos alunos. Explique os objetivos da atividade, o que é esperado deles, como devem proceder e quais são as etapas a seguir. Certifique-se de que os alunos compreendam completamente o que estão fazendo.
  •  

Características

  • Engajamento ativo dos alunos: aulas práticas envolvem os alunos de forma ativa, permitindo que eles participem diretamente da aprendizagem. Essa participação ativa cria um ambiente de sala de aula mais dinâmico, onde os alunos podem explorar conceitos, fazer perguntas e aplicar o que aprenderam de maneira prática, o que ajuda a manter o interesse e o entusiasmo dos alunos.

Pontos de atenção

  • Segurança dos alunos: certifique-se de identificar quaisquer riscos potenciais associados à atividade e tome medidas adequadas para minimizá-los. Isso pode incluir o uso de equipamentos de proteção, treinamento prévio em segurança, supervisão adequada e a criação de procedimentos de emergência. É importante que os alunos entendam os riscos e saibam como agir em caso de acidentes ou emergências.
  • Relevância para os objetivos de aprendizado: tome cuidado para que a atividade prática seja relevante e contribua para o entendimento dos conceitos ou habilidades que você deseja ensinar. Evite atividades práticas que se tornem apenas “atividades divertidas” sem uma conexão clara com os objetivos educacionais. Mantenha o foco na aprendizagem significativa e na aplicação prática do conhecimento
Pular para o conteúdo